Remédio para dormir | Os 6 Mais Indicados para Você!





Com cada vez mais casos de pessoas com insônia no mundo, o que não faltam são métodos para melhorar a quantidade e qualidade das horas de sono. Se você se pergunta: Porque eu não consigo dormir? E já tentou mudar seus hábitos, já tentou técnicas de relaxamento e até mesmo uso de fitoterápicos, chás e relaxantes naturais, sem ter resultado positivo em nenhum desses casos, é a hora de tomar medidas mais drásticas para garantir seu tão merecido descanso. Descubra entre esses qual é o melhor remédio para dormir, ou pelo menos o que funciona melhor com você. 🙂

Este artigo nós iremos apresentar 6 medicamentos indicados para tratamento de insônia. Mas lembre-se – tratam-se de remédios controlados de tarja vermelha e preta, sendo necessário prescrição médica para poder adquirir os medicamentos. Antes de qualquer decisão, converse com seu médico sobre a necessidade de uso de medicamentos e a dosagem ideal para seu corpo. MELHOR DICA: Durma em Até 10 Minutos… Clique Aqui!

Evite a automedicação a todo custo! Estes medicamentos podem causar dependência química, além de desencadear casos clínicos mais graves com Alzheimer e até mesmo, no pior cenário, o óbito caso usados de forma indevida.

medicamento-para-dormir

Medicamentos para dormir mais utilizados:

1. Lexotan (Ou Bromazepam): Trata-se de mais um ansiolítico indicado para controlar alterações de humor e diminuir a ansiedade. Tão conhecido quanto o Rivotril, o Lexotan também age no tratamento da esquizofrenia e outras doenças associadas a agitações psiquiátricas. É um medicamento forte, capaz de causar relaxamento muscular e sonolência quase que instantâneos, mas precisa ser administrado com cuidado pois uma super dosagem pode paralizar o sistema respiratório.

2. Frontal (Ou Alprazolam): O terceiro benzodiazepínico da lista possui características parecidas com os primeiros: indicado para a indução de sono rápida, porém a substância é mais adequada para tratamentos de transtornos ansiosos. O Frontal deve-se ser administrado por no máximo 4 semanas, pois pode causar dependência e/ou tolerância ao medicamento.

Importante: Como “Pegar no Sono” em Apenas 10 Minutos…

3. Prozac (Ou Fluxetina): O Prozac é um famoso anti-depressivo capaz de atuar também no tratamento de psicoses maníaco-depressivas e transtornos bipolares, bulimia nervosa e transtorno do pânico. Sua ação rápida é capaz de induzir o sono minutos após a ingestão do comprimido. Por ser um medicamento forte, pode trazer efeitos colaterais como alucinações, febre, desmaios, impotência e alterações no peso. O uso indiscriminado pode agravar casos de insônia crônica, então é muito importante que você converse com seu médico para ter certeza se o Prozac é o medicamento ideal para o seu tratamento.

4. Buspar (ou Buspirona): O Buspar é mais um medicamento da família dos ansiolíticos. Apesar de não ser indicado para tensões do dia-a-dia, muitos médicos ainda receitam o Buspirona para diminuir rapidamente quadros de insônia. Diferente de outros ansiolíticos, o Buspirona causa pouca a nenhuma dependência química ou psicológica, porém o uso contínuo pode criar outros efeitos colaterais como tonturas, vertigens, náuseas, agitação momentânea e nervosismo. Em casos mais graves, dor toráxica, afasia, aceleração dos batimentos cardíacos , movimentos involuntários do corpo e fraqueza muscular.

5. Lorax (ou Lorazepam): Outro benzodiazepínico que possui efeito calmante forte e rápido, indicado para tratamento dos sintomas da ansiedade e redução do nervosismo. Por ter efeito sedativo intenso, é indicado para regular o sono de pessoas com dificuldades para adormecer. O principal efeito colateral é a supressão de memórias a curto prazo, sonolência excessiva e sensação de fadiga física e mental.

6. Rivotril (Ou Clonazepam): Medicamentos mais famoso no Brasil para tratamento de depressão e distúrbios do sono. Ele age inibindo o sistema nervoso, relaxando a musculatura e passando a sensação de tranquilidade. Comumente indicado para casos de ansiedade e síndrome do pânico, inclusive em crises, por ter efeito rápido – cerca de 30 minutos após ingerir o comprimido você sente os efeitos. Pode causar sonolência, perda de equilíbrio e faltas de concentração.

CLIQUE AQUI => Como “Pegar no Sono” em Apenas 10 Minutos…

Importante: Se você quer realmente vencer a insônia e começar ter noites de sono muito melhores sem depender de remédios controlados, eu recomendo que você assista a palestra que apresenta uma nova maneira de combater a insônia, um método estudado por um pesquisador americano que é capaz de aumentar em até 98% o hormônio do sono. Assista essa apresentação aqui: Apresentação: Como Vencer a Insônia!

Remédio para dormir | Os 6 Mais Indicados para Você!
4.9 (97.71%) 279 votes